Thomas Harris, o recluso autor de O Silêncio dos Inocentes, concedeu sua primeira entrevista em 40 anos.

Durante o papo com a jornalista Alexandra Alter, Harris fez uma revelação impressionante: ele não inventou Hannibal Lecter e os bizarros eventos de O Silêncio dos Inocentes.

“Não acho que inventei nada. Tudo aconteceu. Nada foi criado por mim. Ninguém precisa criar nada nesse mundo”, afirmou o escritor.


A autora do artigo do The New York Times relatou que Harris repetia a mesma ideia sempre que era perguntado sobre as origens de certos personagens ou detalhes do enredo.

Thomas Harris vai publicar um novo livro esse ano, o primeiro em 13 anos. No entanto, Cari Mora não vai focar nas aventuras de Hannibal Lecter.

Harris também revelou que não assistiu a adaptação para o cinema de O Silêncio dos Inocentes por anos, até ser surpreendido pelo filme em um canal de TV.

“O diálogo era bem familiar. Então eu me sentei e assisti. E foi um filme maravilhoso”, confessou o escritor.