Diretor de Casal Improvável explica por que recusou Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Homem-Aranha: De Volta ao Lar traz a primeira aparição do Peter Parker do Universo compartilhado da Marvel nos Cinemas. A direção ficou com Jon Watts, mas quase foi de Jonathan Levine, de 50% e Casal Improvável, que chega aos cinemas brasileiros no dia 9 de maio.

O diretor contou ao Indie Wire o motivo para recusar o filme do herói. Atualmente, os grandes orçamentos estão nas produções baseadas em quadrinhos. Mas, o cineasta não sentiu que o longa casasse completamente com o seu estilo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu acho que estava terminando com eles, antes deles terminarem comigo. Eu não acho que teria conseguido. Mas, eu pensei em algo como, ‘Certo, é um adolescente crescendo em Nova York’. Até que tem algo encantador nisso”, explicou o diretor.

Jonathan Levine estava em uma seleção, que ainda contava com Ted Melfi e John Francis Daley. O seu novo filme, Casal Improvável, traz Seth Rogen e Charlize Theron nos papéis principais.

Enquanto isso, a história do Homem-Aranha seguirá com Homem-Aranha: Longe de Casa.

Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Michael Keaton, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estarão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa. Samuel L. Jackson também participará como Nick Fury, e Jake Gyllenhaal será o vilão Mysterio.

Dirigido novamente por Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros em 4 julho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio