Chad Stahelski já está na indústria cinematográfica há anos e chegou a substituir seu amigo Brandon Lee em O Corvo, quando Lee tragicamente morreu no set do filme. Agora, o diretor de John Wick 3 relembra desse acontecimento.

Ao ser perguntado como esse fato mudou sua carreira profissional, Stahelski respondeu.

“É mais sobre como você lida com a vida, eu acho. Olha, você pode falar sobre segurança e leis, mas poderia falar também sobre o trabalho militar, em delegacias de polícia, ou construção, ou falar sobre trabalhos em fábricas, há fatores de segurança em todas essas indústrias. O acidente de Brandon foi uma combinação de coisas burras que acabaram passando batido”, disse o diretor.


“Você só se cansa, faz um pequeno erro, ele aumenta… sabe por que acidentes de carro acontecem? Eles acontecem a advogados, a cientistas, você faz uma coisa estúpida, como derramar uma bebida, arrumar o cabelo, olhar no espelho, mandar uma mensagem no celular e você está morto. Pelo menos foi algo que mudou a indústria para sempre em relação à armas de fogo”, continuou o diretor.

Atualmente, Stahelski dirige John Wick 3.

John Wick 3: Parabellum é o terceiro de uma trilogia de extremo sucesso, iniciada em 2014. Não apenas comercialmente, os bons resultados das obras também estão no campo da bilheteria, o que fez possível a realização de sequências.

O elenco principal de John Wick 3: Parabellum conta com Keanu Reeves, Halle Berry, Ian McShane, Laurence Fishburne, Anjelica Huston, Robin Lord Taylor e Jason Mantzoukas.

A direção fica por conta de Chad Stahelski, que dirigiu o segundo filme.

John Wick 3: Parabellum estreia nos cinemas brasileiros em 16 de maio.