Agora que a Disney é oficialmente proprietária da Fox, os X-Men farão parte do estúdio e da franquia dos Vingadores, chefiada por Kevin Feige.

Em entrevista para o The Hollywood Reporter, o diretor e roteirista Simon Kinberg falou sobre influência da Disney em X-Men: Fênix Negra, e também sobre conversas com o produtor Kevin Feige sobre o futuro da franquia.

“A única coisa que conversamos em relação a Disney e Marvel foi só como o time de marketing da Disney é excelente, porque a única coisa que a fusão da Disney-Fox afetou em Fênix Negra foi em marketing e publicidade. Eles são ótimos, e eu conheço o pessoal da Disney há um tempo, eu produzi Cinderela lá. Eu dei uma mão com alguns dos novos filmes de Star Wars. É uma jornada histórica que Kevin e a Disney tiveram. Ainda não conversei formalmente com eles sobre os planos para os X-Men”, diz Kinberg.


X-Men: Fênix Negra gira em torno de um dos personagens mais amados dos X-Men, Jean Grey, enquanto ela evolui para a icônica Fênix Negra. Durante uma missão de resgate no espaço com risco de vida, Jean é atingida por uma força cósmica que a transforma em um dos mais poderosos mutantes. Lutando com esse poder cada vez mais instável, e também com seus próprios demônios, Jean fica fora de controle, dividindo a família X-Men e ameaçando destruir a própria estrutura do nosso planeta.

O elenco de X-Men: Fênix Negra conta com os retornos de Sophie Turner, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Nicholas Hoult, Alexandra Shipp, Tye Sheridan, Evan Peters e Kodi Smit-McPhee. Jessica Chastain vive a vilã do filme.

X-Men: Fênix Negra estreia nos cinemas em 6 de junho.