Quando a Disney adquiriu a Fox, a casa do Mickey Mouse estava comprando uma série de propriedades clássicas. Uma delas é a franquia Alien, criada por Ridley Scott e James Cameron.

Na CinemaCon, a Disney confirmou que fará novos filmes da franquia. Agora, ao The Hollywood Reporter, Ridley Scott respondeu como isso pode acontecer.

O diretor revelou que vem fazendo um lobby na Disney. O objetivo é o de “evoluir” a franquia.


“Você chega em um ponto em que diz, ‘Está morto’. A ideia de Alien vs Predador foi idiota. Não sei se foi boa ou ruim nos cinemas, não sei. Mas, ajudou a acabar com a fera”, explicou o diretor, refletindo depois sobre Prometheus, que seria o reinício da franquia:

“Eu disse para eles, ‘Ouçam, podemos ressuscitar isso, mas temos que ter uma ideia e fazer um prelúdio, se vocês gostarem’. Então, fomos para Prometheus, que não foi ruim. Mas, não tem um alien nisso, exceto pelo bebê no fim, mostrando a possibilidade. Eu digo, tinha a silhueta, certo? O conceito da origem é da Mãe Natureza. É como um bicho saindo de um ovo na natureza. Fazendo isso, o ovo se torna o hospedeiro da nova criatura. É horroroso. Mas, é o que é. E você não pode ficar repetindo porque a ‘piada’ cansa”, contou Ridley Scott.

O cineasta, então, citou que a história do Alien está batida. Por isso, precisa de algo novo.

“Eu acho que é duro. A ‘piada’ não serve mais. Uma vez que você viu, duas, três, não é mais assustador. Então, vamos ver onde vamos evoluir. Vamos deixar o passado para trás e ver como pode evoluir”, concluiu Ridley Scott.

O último filme da franquia foi Alien: Covenant, de 2017. O longa foi considerado um fracasso, o que fez o estúdio interromper novos trabalhos baseados na criatura.