Rocketman está sendo lançado na Rússia com um corte polêmico, que está removendo todas as cenas de conteúdo homossexual da biografia de Elton John.

Uma decisão que não foi feita com consentimento da Paramount Pictures, que lançou uma declaração em conjunto com o músico Elton John para criticar a ação da distribuidora russa.

“Nós rejeitamos nos termos mais fortes possíveis a decisão de compadecer a leis locais e censurar Rocketman para o mercado russo, uma ação da qual nós não tínhamos ciência até hoje. A Paramount Pictures foi ousada em nos permitir criar um filme com uma verdadeira representação da vida extraordinária de Elton.


“O fato de a distribuidora local ter cortado certas cenas, negando que o público tenha a oportunidade de ver o filme como foi intencionado é um reflexo triste do mundo dividido em que vivemos e como ainda pode ser cruelmente incapaz de aceitar o amor entre duas pessoas. Acreditamos em construir pontes e no diálogo aberto, e continuaremos quebrando barreiras até que todas as pessoas sejam ouvidas igualmente pelo mundo”, diz o anúncio.

Rocketman está em exibição nos cinemas brasileiros.