Em entrevista à Time, Erik Nordby, supervisor de efeitos visuais de Detetive Pikachu, revelou que um Pokémon quase ficou de fora do filme: o Lickitung.

“Construímos aquela lingua na realidade com um pedaço grande de latex. É completamente nojento, mas tínhamos de limpar o rosto de Justice Smith com algo”.

“Para algo parecer real, é preciso ter textura da vida real. Mas a Pokémon Company via isso e achava sujo demais”, continuou Nordby.


“Tivemos de levá-los por todo o processo, com uma série de slides e construir a confiança neles de que não estávamos fazendo essas coisas perturbadoramente sujas”, disse o supervisor.

O elenco de Pokémon: Detetive Pikachu, jogo homônimo inspirado no universo de Pokémon, conta com Ryan Reynolds (como a voz de Pikachu na versão em inglês), Justice Smith, Ken Watanabe e Kathryn Newton.

A história seguirá um falante Pikachu, que ama café e solucionar problemas. Alex Hirsch roteiriza o filme, com Rob Letterman na direção.

Pokémon: Detetive Pikachu está em exibição nos cinemas brasileiros.