SPOILERS!

John Wick 3: Parabellum finalmente chegou aos cinemas, e já está deixando os fãs pensando sobre seu final inesperado – que imediatamente prepara terreno para um quarto filme.

No último ato, John Wick ignora o acordo feito com o Ancião para matar Winston, e se alia ao antigo parceiro para que ajudem o Continental a sobreviver a um ataque da Alta Cúpula. A misteriosa Juíza tornou o hotel de Nova York como terreno não-sagrado, iniciando uma carnificina no local.


Quando as forças da Juíza são incapazes de deter John e Winston, ela propõem um acordo para que Winston possa reassumir controle do Continental. A condição? Matar John Wick, e o gerente imediatamente atira em John e o empurra do telhado do hotel, em uma queda violenta que mataria qualquer ser humano comum.

Mas, claro, o matador de John Wick sobrevive à queda. Ele é resgatado pelo Rei de Bowery (Laurence Fishburne) outro personagem que também achávamos que estava morto. Ele propõem uma aliança a John, para que juntos se vinguem de Winston, a Alta Cúpula e todos em seu caminho.

A única dúvida em relação ao final fica com Winston. Quando o gerente atira e derruba John do telhado, não fica claro se foi um ato de traição explícito ou se o personagem de Ian McShane sabia que seu antigo amigo iria sobreviver. Com certeza é algo que precisamos ver sendo explorado em John Wick 4.

John Wick 3: Parabellum está em exibição nos cinemas.