Recentemente, uma lei no estado americano de Alabama proíbe o aborto caso o feto tenha ultrapassado seis semanas de gestação. A lei é absurdo já que muitas mulheres descobrem da gravidez após esse período. Felizmente, Chris Evans, o Capitão América de Vingadores, mostrou ser sensato ao criticar tal lei.

“Isso é absolutamente inacreditável. Se você não está preocupado sobre Roe v. Wade, então você não está prestando atenção. É por isso que o voto importa!!”, escreveu Evans no Twitter.

Roe v. Wade é a emenda da constituição americana que garante o direito ao aborto para as mulheres.


Desde então, os fãs têm apoiado o intérprete do Capitão América nas redes sociais.

“Capitão América para presidente”, escreveu um fã.

“Até o Capitão América sabe que banir o aborto é completamente errado”, escreveu uma fã.

“Literalmente concorra à presidência ou algo”, escreveu outra fã.

Veja as reações abaixo.

O elenco confirmado de Vingadores: Ultimato inclui Robert Downey Jr, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Paul Rudd, Don Cheadle, Bradley Cooper, Brie Larson, Karen Gillan, Josh Brolin, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau e Tessa Thompson.

Anthony e Joe Russo (Vingadores: Guerra Infinita) retornam para a direção.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.