A Capitã Marvel estreou em 2019 nos cinemas com um filme solo, em história que se passou na década de 90. Depois, em Vingadores: Ultimato, a heroína reaparece no presente.

O que os fãs puderam ver é que a heroína não envelhece. A única mudança em Carol Danvers foi o uniforme.

Por causa disso, o site Space conversou com o físico Paul Sutter, da Universidade de Ohio. O especialista explicou que a Capitã Marvel (ignorando que ela tem sangue alienígena) não envelhecer faz parte da Teoria da Relatividade.


Em resumo, quanto mais Carol Danvers viaja no espaço, mais massa ela ganha e ao mesmo tempo envelhece menos.

“Relógios que se mexem rápido funcionam lentamente. O quanto mais rápido você se move no espaço, menos você se move no tempo. É uma consequência da conexão entre espaço e tempo. Se você vai mais para uma direção, vai menos para outra”, explicou o físico.

Sutter ainda garantiu que se um humano comum fosse colocado na mesma situação da Capitã Marvel, ele se sentiria normal.

“Você come, caminha na nave, faz seu trabalho, tudo fica normal… vai para sua jornada e explora o espaço. Quando você volta, você olha para o seu relógio e vê que poucos dias ou semanas se passaram. Enquanto o relógio na Terra se moveu rapidamente, dependendo da velocidade em que você viajava”, destacou Sutter.

Capitã Marvel está nos cinemas com Vingadores: Ultimato.