Capitã Marvel, lançado ainda em fevereiro, trouxe aos cinemas uma Inteligência Suprema um tanto diferente. A governante se transformava em uma imagem familiar daquele que entrava em contato com ela.

Porém, o longa quase contou com uma versão bem mais fiel às HQs. A revelação foi feita pelo designer Andy Nicholson ao ComicBookMovie.

O artista contou que desenhou versões da inteligência artificial com a grande cabeça verde, como é reconhecida nos quadrinhos.


“A ideia veio e logo saiu. Como ideia, nunca foi rejeitada. Em um ponto, era parte do filme. Eu não sou a pessoa que diz se isso pode voltar, mas era parte do filme”, declarou o ilustrador.

Ao que indicou Nicholson, essa versão da Inteligência Suprema apareceria quando a Capitã Marvel atinge a forma Binária.

“Estava lá. Nós desenvolvemos uma linha onde o espaço trazia uma grande piscina com água ao fundo, que eventualmente, seria onde a cabeça apareceria. Eu acho que no final do filme apareceria com esse foco, seria um grande espetáculo, mas que sobrecarregaria a o que estávamos fazendo, que era o desenvolvimento e transformação de Carol Danvers na Capitã Marvel”, explicou o ilustrador.

Capitã Marvel chega em DVD e blu-ray em junho.