Homem-Aranha: Longe de Casa pode ganhar mais um traço tradicional do personagem, direto dos quadrinhos e de outra adaptação das telonas. O editor de jornal J. Jonah Jameson e o Clarim Diário podem aparecer no longa.

O produtor do filme, Eric Hauserman Carroll, explicou ao ComicBook que a equipe já trabalha na introdução do personagem. Nas HQs, um dos primeiros trabalhos de Peter Parker é como um freelancer de fotografia no jornal Clarim Diário.

“Sim, nós falamos muito sobre esse personagem, especificamente nesse filme. O que queremos fazer é apresentar eles de forma que os fãs não reconheçam imediatamente. Então temos algumas ideias, algumas das quais eu não posso comentar”, explicou o produtor.


No entanto, Caroll indicou que Peter Parker não deve ser mais um fotógrafo na adaptação. A produção pretende fazer atualizações em relação aos quadrinhos.

“Todos nós temos câmeras melhores nos nossos bolsos do que muitas pessoas tinham há 10 anos. Então como vamos colocar Peter nesse mundo sem o sentimento de que crianças aspiram ser fotógrafas do New York Times? Ou, eles aspiram a terem um tuíte respondido, entre outras coisas. Então, queremos homenagear a mitologia da melhor forma que pudermos, e nós temos algumas ideias divertidas”, completou o profissional.

Nos cinemas, J. Jonah Jameson foi vivido por J.K. Simmons na primeira trilogia do Homem-Aranha, comandada por Sam Raimi. O ator já deu declarações que voltaria a interpretar o personagem, caso fosse convidado.

Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Michael Keaton, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estarão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participará como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisando o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal será o vilão Mysterio, que dessa vez será um aliado do Homem-Aranha.

Dirigido novamente por Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros em 4 julho.