Nesta quinta-feira (2), dia em que o filme Homem de Ferro completa 11 anos de lançamento, a Marvel Studios prestou no Twitter uma homenagem ao intérprete do herói, Robert Downey Jr.

“Há 11 anos, ele se tornou Homem de Ferro”, escreveu o estúdio na legenda do post.

A conta da Marvel Entertainment ainda postou um gif com Robert Downey Jr reproduzindo sua icônica frase: “Eu sou o Homem de Ferro”. Confira mais abaixo.


Relembre como Homem de Ferro lançou o MCU

Vingadores: Ultimato é o desfecho da Saga do Infinito, a primeira do Universo Cinematográfico da Marvel. Essa história começa há 11 anos, quando Homem de Ferro estreava nos cinemas. O filme traz Robert Downey Jr., pela primeira vez, no papel de Tony Stark. A direção é de Jon Favreau, que ainda vive o Happy, braço direito do gênio e bilionário.

À Entertainment Weekly, o cineasta relembra como foi a primeira parceria com Robert Downey Jr. Como conta Jon Favreau, um encontro dele com Avi Arad, então CEO e presidente dos estúdios Marvel, dava início ao Universo Cinematográfico da editora.

Homem de Ferro era um filme de baixo orçamento. Havia um sentimento de que filmes a partir de quadrinhos tinham uma maldição e nos estávamos marcando heróis de um lado B, tentando lançar filmes com orçamentos mais modestos. Nessas circunstâncias, não era como se você tivesse uma lista de estrelas para escolher. Eu sentei com Robert e ele parecia ótimo, tinha toda uma energia e foco. Eu sempre fui fã dele. Tinha o sentimento de que ele estava muito sério sobre o papel e sobre a carreira. Foi a primeira vez que eu estava com alguém, entendendo como o filme seria. Houve resistência no início. Mas, depois que ele fez o teste, o estúdio ficou empolgado”, relata o diretor.

Robert Downey Jr. se torna, assim, uma ponte para outros atores talentosos. Gwyneth Paltrow e Jeff Bridges (sim, ele faz parte do Universo Marvel!) aceitaram o trabalho assim que o Tony Stark estava selecionado.

“Robert sempre soube que teria uma sequência. Ele previu meses antes. Marvel antecipou que seria um hit, mais do que uma bilheteria modesta. Robert acertou quanto faríamos, que foi mais que o dobro do que prevíamos (mais de US$ 500 milhões). Foi muito divertido ir com ele nos cinemas, com ele pulando na frente das câmeras e apresentando o filme para o público. Foi um momento maravilhoso, onde a vida dele mudou, a minha também e a Marvel saiu da escuridão para ir para um lugar relevante, em um caminho que levou a filmes como Os Vingadores”, destaca Jon Favreau.

O diretor não comanda mais filmes da Marvel, mas segue aconselhando outros cineastas. Jon Favreau, que tem grande responsabilidade na Saga do Infinito, diz que se sente como “o grande vovô”.

O elenco de Vingadores: Ultimato inclui Robert Downey Jr, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Paul Rudd, Don Cheadle, Tessa Thompson, Bradley Cooper, Brie Larson, Karen Gillan, Josh Brolin, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau e Tessa Thompson.

Anthony e Joe Russo (Vingadores: Guerra Infinita) retornam para a direção.

Com 3 horas e 1 minuto de duração, Vingadores: Ultimato é o filme mais longo da história da Marvel Studios.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.