Pokémon: Detetive Pikachu, que chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (9), pode marcar o início de uma franquia do anime em live-action. Por conta disso, a expectativa dos fãs para que o final do filme contenha pistas sobre o futuro da franquia é grande.

No entanto, Pokémon: Detetive Pikachu NÃO tem cena pós-créditos, ou seja, nenhum indício sobre onde os próximos filmes podem ir.

Parece que tudo vai mesmo depender da bilheteria de Pokémon: Detetive Pikachu


Live-action da franquia das famosas criaturas chamadas Pokémon, o filme acompanha um falante Pikachu (interpretado e dublado por Ryan Reynolds), que ama café e solucionar problemas. Alex Hirsch roteiriza o filme, com Rob Letterman (Monstros vs. Aliens) na direção.

O elenco também conta com Justice Smith (Jurassic World: Reino Ameaçado) como o protagonista humano, Ken Watanabe, Kathryn Newton, o DJ norte-americano Diplo e a cantora britânica Rita Ora.

Filme vaza, viraliza e gera milhões de views em 24 horas

Um vídeo no Youtube, dizendo ser o vazamento completo de Pokémon: Detetive Pikachu rapidamente viralizou na internet, após ter sido publicado no dia 7 de maio de 2019. O vazamento, no entanto, é falso e mostra apenas o Pikachu dançando por 1h e 42 min.

Ryan Reynolds, que dubla o personagem titular, chegou a tuitar sobre o vídeo, que acabou se transformando em uma bela jogada de marketing. Será que ele próprio publicou o vídeo em uma conta secreta? Provavelmente jamais saberemos.

Franquia pode ganhar derivados sem Pikachu

Pokémon: Detetive Pikachu pode marcar o início de uma franquia do anime em live-action. Porém, Ryan Reynolds acredita que esse universo não precisa ser necessariamente preso ao Pikachu.

Em entrevista ao ComicBook, o dublador de Pikachu afirma que derivados podem ser produzidos sem o seu personagem.

“Eu acho que você deve ter tempos profundos. Que você deve fazer zigue, quando todos acham que você fará zague. Deve começar com uma história, mas fazer ela diferente e divertida. Estou surpreso que o filme não foi desenvolvido antes porque é um grande universo e eu posso ver ele indo em diferentes direções, até mesmo sem o Pikachu. Tem muitas”, declara o astro.

Pokémon: Detetive Pikachu estreia nos cinemas brasileiros em 9 de maio.