Por que o MCU precisa introduzir o Quarteto Fantástico antes dos X-Men

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora que a FOX é oficialmente parte da Disney, é apenas uma questão de tempo e planejamento de Kevin Feige para introduzir os personagens da Marvel em seu universo cinematográfico.

Porém, por mais que os X-Men sejam grandes desejos dos fãs, o Quarteto Fantástico precisa ser introduzido antes. Primeiramente, porque o grupo da família mais antiga da Marvel ainda não teve um grande filme nos cinemas – alguns argumentariam até que nunca houve um bom.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A franquia X-Men também está literalmente encerrando seu arco de 18 anos e mais de 12 filmes. Isso significa que os mutantes ainda estão frescos na memória do público, e com exceção do reboot fracassado de Josh Trank em 2015, o Quarteto não dá as caras nos cinemas desde a versão de Tim Story em 2007.

O encerramento de Vingadores: Ultimato também dá margem para a entrada do Quarteto Fantástico. Não só pelo fim de arcos e desfechos de jornadas de personagens, mas também com a expansão para o universo cósmico e até de novas realidades alternativas – possibilitadas pela viagem no tempo.

Por falar em viagem no tempo, é sempre bom lembrar que Peyton Reed, diretor de Homem-Formiga e a Vespa, tinha um projeto de fazer um filme do Quarteto ambientado na década de 60. Com os personagens agora sob posse de Feige, quem sabe Reed não terá sua chance.

O elenco de Vingadores: Ultimato inclui Robert Downey Jr, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Paul Rudd, Don Cheadle, Tessa Thompson, Bradley Cooper, Brie Larson, Karen Gillan, Josh Brolin, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau e Tessa Thompson.

Anthony e Joe Russo (Vingadores: Guerra Infinita) retornam para a direção.

Com 3 horas e 1 minuto de duração, Vingadores: Ultimato é o filme mais longo da história da Marvel Studios.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio