Agora que Vingadores: Ultimato já está nos cinemas há mais de um mês, os pontos mais importantes da trama do filme estão liberados para a discussão. Em evento no Emerson Colonial Theater, em Boston, os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely falaram sobre diversos momentos do filme.

Questionados sobre a diferença entre os finais de Tony Stark/Homem de Ferro e Steve Rogers/Capitão América, os roteiristas afirmaram que ambos tiveram seus destinos por um simples propósito.

“Para se completar. Tony precisava perder sua vida e Steve precisava ganhar uma”, disse McFeely.


Sobre os sacríficos de Gamora em Vingadores: Guerra Infinita e Viúva Negra em Vingadores: Ultimato, McFeely afirmou que a morte das duas era inevitável e que eles precisavam mostrar que Thanos amava alguém, o que justifica a morte de Gamora.

Os roteiristas também falaram sobre o relacionamento de Bruce Banner e Natasha Romanoff, que foi de certa forma excluído dos filmes após Vingadores: Era de Utron. Eles afirmaram que entendem que a relação é controversa, mas que ela só foi excluída dos dois filmes finais porque não se encaixavam na história principal de Vingadores: Ultimato.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas brasileiros.