Cuidado! Pode conter SPOILERS de Vingadores: Ultimato!

Os fãs da Marvel esperavam que o escudo do Capitão América ficasse com o Soldado Invernal depois de Vingadores: Ultimato. Não é o que acontece.

O manto do herói, que decide ficar no passado e viver com Peggy Carter, é dado ao Falcão. O personagem é o outro melhor amigo do Capitão América.


Na Comic Con de Londres, Sebastian Stan, o intérprete do Soldado Invernal, disse que “totalmente entende” a decisão do Capitão América. O ator ainda disse que adorou o final do filme.

“Estou feliz com o final. Eu acho que faz muito sentido. É bem diferente dos quadrinhos. Eu realmente amei o entusiasmo de que algumas pessoas colocaram em entender do porquê ele não ficou com o escudo. Mas, não faz sentido ele ter o escudo”, garantiu o ator.

Nos quadrinhos, o Soldado Invernal tem até arcos como o Capitão América. Até por isso, a decisão para os fãs foi inesperada.

“De um jeito para mim, Steve libertou ele. E deixando ele livre, os dois caras (ele e Falcão) estão presos um ao outro e ao compromisso que é carregar o manto, mas de certa forma, continuam livres. E Sam é um personagem bem mais confiável. Eu não sei o quanto nós vimos de evolução mental de Bucky para ele ter esse manto. Então, acho que faz muito sentido. É diferente dos quadrinhos porque lá Steve Rogers morre e isso motiva Bucky. Era o jeito que ele se sentia mais próximo dele. São mundos diferentes”, argumentou Sebastian Stan.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas.