Star Trek “previu” história de Vingadores: Ultimato há 18 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

CONTÉM SPOILERS

Vingadores: Ultimato foi o culminar de 22 filmes ao longo de 11 anos, mas Star Trek: Voyager abordou o mesmo enredo do longa há 18 anos? Os paralelos são muito surpreendentes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vingadores: Ultimato concluiu a história iniciada em Vingadores: Guerra Infinita, avançando no tempo cinco anos após a vitória de Thanos e sua subsequente morte, revelando uma equipe de super-heróis muito alterada, com todos tentando lidar com sua perda. Alguns, como Tony Stark, se recuperaram bem, enquanto outros não tiveram tanta sorte. Steve Rogers lidera grupos de apoio, Natasha e Thor estão no auge da depressão e Clint Barton é um mercenário.

Então, quando Scott Lang aparece com um plano de viajar de volta no tempo, pegar as Joias do Infinito e desfazer o estalar de dedos de Thanos, não é nenhuma surpresa que o time fique empolgado com a oportunidade. Eles são bem-sucedidos, com relativamente poucas mortes e, no final do filme, consertam grande parte das coisas.

Acontece que os fãs do final da série Star Trek: Voyager, também intitulado “Ultimato”, podem ter achado a história muito, muito familiar. Como apontado por Mike Stoklasa em um episódio recente do programa “Half in the Bag”, existem semelhanças estranhamente grandes entre Vingadores: Ultimato e o episódio de Star Trek de 2001.

Em “Ultimato”, após 23 anos, a capitã Kathryn Janeway e sua equipe finalmente retornam para casa. Mas a jornada foi custosa e quando reencontramos a agora almirante Janeway 10 anos depois de seu triunfante retorno, ficamos sabendo que ela está extremamente insatisfeita com o resultado de sua jornada. Então, Janeway rouba uma nave Klingon e volta três décadas no tempo para levar sua tripulação para casa um pouco mais rápido através de buracos de minhoca de Borg. Isso faz com que a velha Janeway se sacrifique à Rainha Borg, mas a nave Voyager chega em casa mais rápido e tudo fica bem.

As duas histórias operam sob regras semelhantes. Quando Janeway volta no tempo em Star Trek: Voyager, ela induz seu passado a tomar uma decisão diferente que parece resultar em uma nova linha do tempo para a tripulação da Voyager. Não é explicado como em Vingadores: Ultimato, mas é claro que Janeway e a tripulação da Voyager criaram uma linha de tempo inteiramente nova, em vez de apagar uma antiga.

Em uma correlação menos direta, vale a pena ressaltar que, como vilões, Thanos e a Rainha Borg têm similaridades quando se trata de valores familiares. Ambos desejam domínio universal à custa do livre-arbítrio e ambos “adotaram” filhas cibernéticas. Sete de Nove e Nebula representam o mesmo para Rainha Borg e Thanos, respectivamente, e sua luta pela independência é um elemento-chave em ambas as suas jornadas.

Pode ser que as similaridades entre Vingadores: Ultimato e Star Trek não tenham sido mais que coincidência. Mas… será?

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio