Até Star Wars – Episódio I:  Ameaça Fantasma, a ordem Jedi acreditava que os Sith estavam extintos. Com a aparição de Darth Maul, no entanto, a dúvida sobre o retorno dos usuários do Lado Negro cresceu dentre a Ordem.

As recentes obras Dooku: Jedi Lost e Star Wars: Age of Rebellion Special – juntamente do que foi apresentado nos filmes (principalmente Os Últimos Jedi), no entanto, parece colocar a culpa da volta dos Sith em Yoda.

Conforme aprendemos no audiodrama Dooku: Jedi Lost, Yoda foi alertado pela mestre Jedi Lene Kostana para se prepararem para os Sith – algo que ele declaradamente diz ser “desnecessário”.


Além disso, devemos levar em conta o que Luke fala sobre a queda da Ordem em Os Últimos Jedi, culpando o orgulho deles pela ascensão de Palpatine.

Essa culpa reaparece em Age of Rebellion Special, em que o próprio Yoda considera-se culpado pelo Império.

Agora vamos ver como isso dialoga com o possível retorno de Palpatine no Episódio IX.

Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Mark Hamill, Billy Dee Williams e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

J.J. Abrams (Star Wars: O Despertar da Força) retorna para a cadeira de direção. Ele também assina o roteiro, ao lado de Chris Terrio (Liga da Justiça).

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.