X-Men: Fênix Negra chega aos cinemas com um plano B. É isso que contou o veterano produtor Hutch Parker para o Digital Spy.

Como se sabe, o filme que encerra a saga dos mutantes passou por regravações. Nessa etapa, o final de X-Men: Fênix Negra foi alterado.

O desfecho original era no espaço. Possivelmente, armando uma sequência.


“Havia mais sobre uma histórica cósmica, a história acabava no espaço de forma mais significante. Nós mudamos ele para Terra, principalmente para ver nossos personagens e como eles acabam”, declarou o produtor.

Com a compra da Fox, a Disney colocará um fim na atual saga dos mutantes. Esse é o principal motivo para X-Men: Fênix Negra trazer um desfecho definitivo.

X-Men: Fênix Negra gira em torno de um dos personagens mais amados dos X-Men, Jean Grey, enquanto ela evolui para a icônica Fênix Negra. Durante uma missão de resgate no espaço com risco de vida, Jean é atingida por uma força cósmica que a transforma em um dos mais poderosos mutantes. Lutando com esse poder cada vez mais instável, e também com seus próprios demônios, Jean fica fora de controle, dividindo a família X-Men e ameaçando destruir a própria estrutura do nosso planeta.

O elenco de X-Men: Fênix Negra conta com os retornos de Sophie Turner, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Nicholas Hoult, Alexandra Shipp, Tye Sheridan, Evan Peters e Kodi Smit-McPhee. Jessica Chastain vive a vilã do filme.

X-Men: Fênix Negra estreia nos cinemas em 6 de junho.