Cuidado! Contém SPOILERS de X-Men: Fênix Negra!

Uma das grandes dúvidas de X-Men: Fênix Negra, em sua divulgação, era a origem da vilã interpretada por Jessica Chastain. Especulações chegaram até a afirmar que ela era uma princesa Skrull, o que está longe da verdade.

Com o lançamento do filme nos cinemas, os fãs foram apresentados para raça alienígena D’Bari. A personagem de Jessica Chastain é um dos líderes desse grupo, Vuk, que pode assumir outras formas e escolhe a de uma humana.


Apesar de ser desconhecida, essa raça foi inspirada nos quadrinhos da Marvel. Os D’Bari e Vuk existem nas HQs e fazem parte de histórias clássicas da editora.

A primeira aparição dos vilões foi em Vingadores #4, de Stan Lee, Jack Kirby e Art Simek. Na revistinha, os heróis lutam contra Namor, que primeiro usa Vuk para transformar os personagens em pedra.

Depois, o alien é convertido pelo Capitão América e ajuda os heróis, que derrotam Namor. Vuk é, então, mandado para casa, mas descobre que o seu planeta foi destruído pela Força da Fênix. Novamente, o personagem entrará na vida da Terra e como um vilão.

Em X-Men: Fênix Negra, a origem dos D’Bari é mantida basicamente a mesma. O que muda é o objetivo de Vuk e seus comandados. Eles querem usar a Força da Fênix para tomar o controle da Terra e exterminar a humanidade, para que eles possam ter uma nova casa.

X-Men: Fênix Negra está em cartaz nos cinemas.