Vingadores: Ultimato abriu a sua jornada nos cinemas com a maior estreia mundial da história, com US$ 1,2 bilhão de arrecadação. Mas, por conta da concorrência das últimas semanas, viu o ritmo diminuir desde o final de abril, quando foi lançado.

Nesta semana, Vingadores: Ultimato chegou a marca de US$ 2,742 bilhões, precisando de mais US$ 45 milhões para passar de Avatar, o filme com a maior arrecadação da história, com US$ 2,788 bilhões. Para especialistas, será difícil o filme da Marvel superar a concorrência.

No entanto, a situação mudou de figura com a notícia do relançamento de Vingadores: Ultimato.


Nova versão virá com cenas inéditas

“Nós estamos fazendo isso”, confirmou Kevin Feige, chefe da Marvel Studios. “Eu não sei se foi anunciado. Eu não sei quanto… Mas sim, faremos isso na próxima semana”, declarou.

Assim, os fãs de Vingadores: Ultimato poderão retornar aos cinemas antes de Homem-Aranha: Longe de Casa para recapitular a história e ainda conferir material inédito da Marvel. Ainda não está claro quantas cenas extras serão adicionadas no filme.

Esta nova versão deve fazer Vingadores: Ultimato se tornar a maior bilheteria da história do cinema. Com US$ 2,743 bilhões, o longa precisa de apenas US$ 45 milhões para ultrapassar Avatar.

Ainda não há informações se o relançamento será no mundo inteiro ou apenas em mercados específicos, como os Estados Unidos.

Fãs devem voltar aos cinemas para ver Vingadores: Ultimato como uma forma de se atualizar. A trama do longa deve estar bem conectada com o próximo filme de Peter Parker, que chega em 4 de julho no Brasil.