A Sony realizou a primeira exibição de Homem-Aranha: Longe de Casa para a imprensa americana nessa semana e, apesar da nota positiva de 91% no Rotten Tomatoes, as opiniões sobre o filme estão bem divididas.

Confira algumas reações abaixo.

Homem-Aranha: Longe de Casa é um filme mais frágil que De Volta ao Lar, com um ritmo que sai do controle em alguns momentos e que tem uma obsessão em dar destaque para personagens secundários. Apesar disso, o filme é um blockbuster de verão bem divertido, que encara o legado de Ultimato antes de deixá-lo para trás. O MCU não precisa de um novo Homem de Ferro ainda – Longe de Casa prova que a franquia está mais do que segura nas mãos do Homem-Aranha”, disse a Empire.


“Holland é muito bom, mas ele precisa de alguém para acompanhá-lo, alguém com a habilidade de Downey Jr. Esse alguém poderia ser Zendaya como MJ, o grande amor da vida de Peter Parker. Veremos como a Marvel vai desenvolver esse romance em seus próximos episódios”, disse o The Guardian.

“O Homem-Aranha que encontramos ao final do filme não é diferente daquele que conhecemos no início; ele é mais confiante agora e está pronto para aceitar seu próprio caminho, mas você termina o filme pensando que ele poderia ter aprendido tudo isso sem sair do Queens e sem desperdiçar o nosso tempo”, afirmou o IndieWire.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Michael Keaton, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estarão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participará como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisando o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal será o vilão Mysterio, que dessa vez será um aliado do Homem-Aranha.

Dirigido novamente por Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros em 4 julho.