X-Men: Fênix Negra foi um fracasso de crítica e bilheteria, rendendo um dos piores resultados para a Marvel dentro da Fox em anos.

Assumindo publicamente, o diretor e roteirista Simon Kinberg falou ao programa de The Business sobre a recepção desastrosa, e assumiu toda a culpa.

“Claramente é um filme que não se conectou com o público que não foi assistir, e não se conectou o bastante com aqueles que assistiram. Então isso é culpa minha”, afirmou Kinberg.


“Eu adorei ter feito o filme, e amei as pessoas com quem eu fiz”, declara.

“Ele me escreveu um email dizendo ter empatia por um filme que não funciona. Ele disse que as pessoas verão o filme de forma diferente, e fora do contexto deste momento em particular , enxergarão coisas que vão apreciar da forma como ele o fez”, revela Kinberg sobre o email que Tim Miller, diretor de Deadpool, o enviou.

X-Men: Fênix Negra gira em torno de um dos personagens mais amados dos X-Men, Jean Grey, enquanto ela evolui para a icônica Fênix Negra. Durante uma missão de resgate no espaço com risco de vida, Jean é atingida por uma força cósmica que a transforma em um dos mais poderosos mutantes. Lutando com esse poder cada vez mais instável, e também com seus próprios demônios, Jean fica fora de controle, dividindo a família X-Men e ameaçando destruir a própria estrutura do nosso planeta.

O elenco de X-Men: Fênix Negra conta com os retornos de Sophie Turner, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Nicholas Hoult, Alexandra Shipp, Tye Sheridan, Evan Peters e Kodi Smit-McPhee. Jessica Chastain vive a vilã do filme.

X-Men: Fênix Negra está em exibição nos cinemas.