A produção do filme live-action da Cruella segue avançando. O diretor de fotografia Nicolas Karakatsanis, de Eu, Tonya, teria se juntado ao filme.

A informação é do portal Discussing Film. Maiores detalhes não foram revelados.

A trama do filme será ambientada na Londres dos anos 80, mostrando como a icônica Cruella, interpretada por Emma Stone, passou a odiar a raça de cachorrinhos dálmatas, assim como formou a parceria com seus capangas.


O diretor Craig Gillespie (Eu, Tonya) vai dirigir o longa, que pode começar a ser filmado em setembro deste ano. Tony McNamara, de A Favorita, assinou a última versão do roteiro.

Cruella de Vil já foi vivida por Glenn Close no filme 101 Dálmatas (1996) e na continuação 102 Dálmatas (2000).

Cruella chega aos cinemas em 23 de dezembro de 2020.