Há tempos muitos pedem que Idris Elba seja escalado como James Bond (algo que precisa acontecer). Infelizmente, recentemente racistas passaram a criticar essa possibilidade simplesmente pela cor da pele do ator britânico.

“Você acaba ficando desolado, quando vê pessoas, de um ponto de vista geracional, dizendo ‘não pode ser'”, disse o ator à Vanity Fair.

“E realmente acaba acontecendo por causa da cor da minha pele. E, então, se eu conseguisse o papel, e não funcionasse, ou funcionasse, seria por causa da cor da minha pele? É uma posição difícil de me colocar, quando eu não preciso fazer isso”, continuou Idris Elba.


Elba ainda confirmou que não ofereceram a ele o papel de James Bond, embora ele não recusaria se ligassem para ele.

James Bond é um papel muito desejado, icônico e amado, que leva as audiências para uma jornada gigantesca de escapismo”, acrescentou o ator.

“Claro que, se alguém disse para mim, ‘você quer interpretar James Bond?’, eu diria, ‘claro!’. Isso é fascinante para mim. Mas não é algo que eu expressei, como ‘sim, eu quero ser o James Bond negro'”.

Em todo caso, o próximo filme de James Bond segue em produção.

Bond 25 estreia no 8 de abril de 2020.