Um dos próximos filmes da Marvel é Os Eternos. O grupo, que faz parte da mitologia da editora nos quadrinhos, chegará aos cinemas para explorar uma outra parte desse universo. 

Com isso, crescem as teorias sobre o que estará na história do longa. Uma popular, publicada pelo ComicBook, é que a criação de Os Eternos tem ligação com as Joias do Infinito, itens centrais da primeira saga do MCU (sigle em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel). 

De acordo com a teoria, essa seria uma maneira da Marvel ligar Os Eternos com a história dos cinemas. Ainda assim, a trama traria Os Celestiais, outro grupo que fãs esperam para ver nas telonas. 


A teoria se baseia na figura de Eson, vista em Guardiões da Galáxia. O Celestial, que é conhecido como o Pesquisador, teria encontrado a Terra em um tempo muito distante. Com as Joias do Infinito, teria começado a fazer experimentos em alguns humanos. 

Assim, Eson teria criado Os Eternos e os Deviantes, grupo que é inimigo dos heróis. A teoria ainda vai mais longe e afirma que a cena em que o Celestial aparece em Guardiões da Galáxia aponta para esse fato. Relembre essa cena abaixo.

A trama de Os Eternos envolverá a história de amor entre Ikaris, um homem abastecido por energia cósmica, e Sersi, que gosta de andar entre os humanos. O estúdio pretende escalar um elenco diversificado para o filme, com atores de “todas as raças e tamanhos”.

Angelina Jolie deverá ser Sersi na obra e Richard Madden pode ser Ikaris. Kumail Nanjiani (Doentes de Amor) e Dong-seok Ma (Invasão Zumbi) também estão no filme.

Chloe Zao (The Rider) vai dirigir o filme, com Kevin Feige, presidente dos estúdios Marvel, na produção. O roteiro é de Ryan e Matt Firpo, conhecidos por Ruin, um dos próximos filmes de Margot Robbie.

Os Eternos deve ser lançado em 2020.