Os diretores de Vingadores: Ultimato revelaram que consultaram o ator Robert Downey Jr. antes da decisão de matar o Homem de Ferro no longa-metragem.

Mesmo com a opção de manter o personagem vivo, Downey Jr. escolheu não interferir porque concordou que este era o melhor destino para o super-herói.

“Robert não queria dizer nada, porque não parecia honesto para ele que interferisse”, disse Joe Russo em entrevista ao podcast da revista Empire.


“Naquele momento, ele não queria ter a capacidade de escolher. Ele não queria interagir porque parecia uma escolha verdadeira para seu personagem.”

Anthony Russo acredita que a atuação de Robert Downey Jr. foi fundamental no momento da morte do Homem de Ferro.

“Para ter um personagem com tanta dor, à beira da morte, foi importante para nós criar a sensação de que, quando você olhava para Tony Stark naquele momento, sabia que ele estava morrendo, e você tinha que processar isso naquela hora.”

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.