Apesar de ter falecido em 2016, Carrie Fisher aparecerá mais uma vez em Star Wars: A Ascensão Skywalker por meio de cenas não utilizadas de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi.

Em uma emocionante cena do trailer do novo filme, Leia Organa (Carrie Fisher) é vista abraçando a protagonista Rey (Daisy Ridley). Em uma entrevista ao Vulture, Daisy Ridley falou sobre a cena, afirmando que o contexto em que ela foi filmada na vida real é bem parecido com o contexto da cena em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

“Não é tão diferente do que a cena realmente é. Foi bem triste. Eu achei bem emocionante assisti-la, porque eu me lembro da cena original. É uma coisa estranha, assistir alguém que não está viva mais ser trazida de volta a vida. É incrível como esse contexto se assemelha muito com a história dessa vez. Foi bem incrível”, disse a atriz


Apesar da cena ser bem emocionante, Daisy Ridley revelou que Carrie Fisher sussurrou em sou ouvido algo que quase a fez sair do personagem.

“Na verdade ela sussurrou, ‘Esse abraço é longo pra c#ralho’. Eu estava tentando atuar e de repente ‘Meu deus, Carrie!’ e a partir daí não houve nenhuma discussão sobre o que deveríamos fazer”, revelou Daisy Ridley.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.