X-Men: Fênix Negra mal estreou e já pode ser considerado um desastre de público e crítica, previsto para dar um prejuízo de 100 milhões de dólares para a Fox.

Obviamente, como é o caso em quase todos os blockbusters que fracassam, mil e uma desculpas começam a surgir, em uma tentativa vã de justificar os péssimos resultados.

A bola da vez é uma reportagem do Deadline, que indica que o filme originalmente foi planejado para ter duas partes.


O site informa que Kinberg planejava dois filmes de Fênix Negra na pré-produção, mas a 20th Century Fox mudou de ideia e encomendou apenas um filme. Kinberg teria reescrito o roteiro a partir daí.

Anteriormente já havia sido informado que as refilmagens mudaram completamente o desfecho do filme, transformando-o no Frankenstein que temos hoje em exibição.

Em todo caso, parecem mais desculpas, afinal, a decisão de transformar o filme em um só ocorreu ainda na pré-produção.

X-Men: Fênix Negra ainda está em exibição nos cinemas.