Cuidado! Contém SPOILERS de X-Men: Fênix Negra!

X-Men: Fênix Negra passou por um processo de regravações. A versão original do filme nunca deve ser mostrada para o público em geral.

A explicação da produção é de que a trama e o desfecho eram parecidos com um outro longa de heróis. Agora, o diretor e roteirista Simon Kinberg ligou o filme com as histórias de Capitão América: Guerra Civil e Capitã Marvel.


No final exibido nos cinemas, Jean Grey se sacrifica para salvar todos os mutantes. Ao io9, Kinberg deu indícios de qual era o final original.

“Meu final original não teria a família dos mutantes reunida, como é visto. Seria mais do que Capitã Marvel, você poderia também ver o início de Guerra Civil. Geralmente, os grandes filmes de ação têm o clímax no terceiro ato. Eu amo o fato de Guerra Civil ter uma grande ação, onde todos se enfrentam, e mais para o terceiro o ato você é deixado com o Soldado Invernal, o Capitão América e o Homem de Ferro”, explicou o comandante.

Kinberg admitiu que o filme que fez X-Men: Fênix Negra passar por regravações foi o de Capitã Marvel. O diretor até atribuiu a isso as críticas de que falta emoção no novo longa.

“Tinha esse telescópio para captar todas as emoções e eu amava o quanto era intimista. Era o que eu estava fazendo, mesmo que ficasse parecido por uns dois minutos com Capitã Marvel”, revelou Kinberg.

X-Men: Fênix Negra está em cartaz nos cinemas.