A Bruxa de Blair introduziu um novo subgênero no terror, que até hoje é utilizado em alguns filmes. Infelizmente, a franquia desandou já na sua continuação.

Agora, em entrevista ao ComicBook, Eduardo Sanchez, diretor do primeiro filme, comentou sobre como imagina o futuro da franquia.

“Ainda acho que há uma forma de trazer um pouco do mistério da Bruxa de Blair”, disse Sanchez ao ComicBook. “Não tenho certeza se o caminho certo é fazer uma continuação. Para mim, teria de ser um filme único, singular. Teria de ser algo que não pareça com um filme normal, que não tenha o mesmo assunto que um filme normal”.


“Acho que a franquia Bruxa de Blair nos filmes deveria ter ido para o passado. Deveríamos ter ido para trás e ter feito filmes de época sobre essa mitologia”, continuou o diretor.

“Eu sempre quis fazer uma história original sobre como Elly Kedward foi considerado culpado e banido para a floresta e o que aconteceu com aquela cidade nos anos 1700”, continuou o diretor.

O mais recente Bruxa de Blair lançou em 2016. Desde então, a franquia está no limbo.