Diretor de Homem-Aranha: Longe de Casa explica reviravolta com Nick Fury

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa e Vingadores: Ultimato

Uma das cenas pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa mostra que, durante o filme todo, Nick Fury na verdade era o skrull Talos disfarçado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, o diretor Jon Watts falou sobre essa revelação e como ela acabou sendo inserida no filme para resolver uma questão do roteiro.

“Primeiramente, para esclarecer a linha do tempo, é o verdadeiro Nick Fury que vemos no funeral de Tony Stark no fim de Vingadores: Ultimato”, disse Watts ao ComicBook.com. “Então ele não era um Skrull desde Capitã Marvel”.

“Nós quase fizemos ele comer torradas cortadas na diagonal”, disse Watts, fazendo referência a um diálogo de Capitã Marvel, em que Fury diz que nunca corta suas torradas na diagonal. “Sabe aquele [diálogo]? Isso teria entregado”.

“Há muita história de Nick Fury e os skrulls, especialmente agora que as pessoas viram Capitã Marvel e viram o que está acontecendo naquelas histórias do MCU”, continuou o diretor de Homem-Aranha: Longe de Casa. “Mas para mim sempre ficou aquela dúvida de como [Mysterio] teria conseguido enganar Nick Fury? Porque o super-poder de Nick Fury é suspeitar de tudo, sabe?”.

“Isso sempre me incomodou, embora soubéssemos que queríamos que essa fosse a história, que Nick Fury pudesse ser enganado, por mais de ter ficado fora cinco anos e agora está de volta de pé”, disse Watts. “Eu queria ter uma última revelação que explicasse essa questão. E quando você está fazendo um filme sobre um enganador, parece a coisa certa mostrar uma reviravolta final que faz você olhar para tudo de forma diferente”.

Homem-Aranha: Longe de Casa está em exibição nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio