O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio ignora todas as continuações de O Exterminador do Futuro 2.

Agora, em entrevista à EW, o diretor Tim Miller explicou como o filme se conecta ao desfecho do O Exterminador do Futuro 2.

“Honestamente, acredito que esse [filme] seria a melhor versão da continuação do segundo filme. Ficará mais claro quando você assistir, mas os dois primeiros filmes lidam com o tempo como um ciclo; o que está acontecendo é a mesma coisa que aconteceu antes e todos estão lutando para que isso aconteça de novo. E Jim deu sorte que ele só quebrou essa regra no fim de O Exterminador do Futuro 2, quando Sarah destrói Cyberdyne, é a primeira coisa que aconteceu que não tinha acontecido antes, então isso vai mudar o futuro – mas ninguém sabe como”, disse o diretor.


“Não acho que os filmes que vieram depois realmente exploraram isso da forma limpa, da maneira como estamos fazendo, com verdadeiras consequências, e faz sentido que Sarah seja quem vai enfrentar essas consequências, visto que foram suas escolhas”, continuou o diretor.

O novo filme conta com o retorno de James Cameron, diretor dos dois primeiros filmes que desta vez atua como produtor do longa.

O elenco de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio ainda conta com Arnold Schwarzenegger e Diego Boneta. Billy Ray (Capitão Phillips) escreveu a última versão do roteiro. Tim Miller (Deadpool) dirige.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio chega aos cinemas brasileiros em 1° de novembro.