Contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa.

O Mysterio de Jake Gyllenhaal é um dos destaques de Homem-Aranha: Longe de Casa, mas ele quase foi um personagem totalmente diferente.

Em entrevista ao New York Times, os roteiristas Chris McKenna e Erik Sommers falaram sobre o vilão e a reviravolta do filme.


“Uma das coisas mais difíceis com esses filmes é acertar o vilão”, explicou McKenna. “Com Mysterio, tinham versões da história em que ele era descaradamente um vilão e o Peter e Nick [Fury] estavam o perseguindo pela Europa, enquanto ele cometia esses atos, tudo construindo sua história pregressa, do porquê ele faz isso, dando origem a um terceiro ato totalmente diferente. Caminhamos por diversas estradas diferentes”.

“Mas no fim, porque o Mysterio lida tanto com a enganação, foi meio que natural que isso levaria a uma estrutura narrativa em que toda sua identidade foi um golpe por um tempo”, continuou Sommers.

“Há pessoas familiares o suficiente com os quadrinhos que vão enxergar tudo claramente sobre ele, mas você não pode se preocupar com isso quando cria uma trama como esta”, continuou McKenna. “Você só tem de esperar que pode fazer isso por tempo o suficiente para que, quando a revelação acontece, as pessoas ainda estejam se divertindo com o filme”, acrescentou McKenna.

Considerando que muitos consideram o Mysterio como um dos melhores vilões do MCU até agora, é seguro dizer que os roteiristas de Homem-Aranha: Longe de Casa acertaram na aposta.

Homem-Aranha: Longe de Casa já está em exibição nos cinemas.