ATENÇÃO: Contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa

A Marvel Studios sempre busca forma de conectar seus filmes, e isso acaba gerando resultados que, às vezes, soam um pouco forçado. É o caso de uma das participações surpresas de Homem-Aranha: Longe de Casa.

Quando o Mysterio de Jake Gyllenhaal se revela como um ex-funcionário de Tony Stark que deseja vingança, ele conta com a ajuda de outro antigo membro da empresa do falecido Homem de Ferro: o cientista William Ginter Riva.


Acontece que Riva estava no primeiro Homem de Ferro, em um papel minúsculo, mas memorável. Ele é um dos cientistas contratados por Obadiah Stane para tentar recriar a tecnologia do reator Ark, e ao falhar, temos a cena icônica em que Stane grita: “Tony Stark construiu isso em uma caverna! Com uma caixa de sucata!”.

Em ambos os filmes, o personagem é vivido por Peter Billingsley.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participa como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisa o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal é o Mysterio.

Homem-Aranha: Longe de Casa está em cartaz nos cinemas brasileiros.