Cuidado! Contém SPOILERS do novo O Rei Leão!

Desde 1994, quando O Rei Leão original foi lançado, é de conhecimento popular que Mufasa, o pai de Simba, é morto por Scar. Essa história é novamente contada no remake em live-action da Disney, que chegou nesta semana nos cinemas.

A cena da morte de Mufasa é uma das mais icônicas da Disney. Depois de salvar Simba de um grupo de gnus, o rei é jogado para morte pelo vilão Scar.


O personagem é um dos mais consistentes entre as duas versões, a original e o remake. Primeiro que é a única figura que conta com o mesmo dublador, James Earl Jones.

Depois, apenas duas mudanças pequenas foram feitas na morte de Mufasa. O quadro geral é o mesmo: Hienas atacam os gnus, Simba é preso, Mufasa ajuda ele a subir e depois é atingido por Scar.

As mudanças estão no trecho final da cena. Primeiro, o desfiladeiro está mais escorregadio e coberto por rochas. Depois, Scar não segura as patas de Mufasa, para depois soltá-las. O vilão atinge o seu irmão no rosto para que ele caia e morra.

A direção do novo Rei Leão é de Jon Favreau (Homem de Ferro, Mogli: O Menino Lobo), com roteiro de Jeff Nathanson.

O elenco do filme traz Donald Glover, Beyoncé Knowles-Carter, Chiwetel Ejiofor, Alfre Woodard, Keegan Michael-Key, Billy Eichner, Seth Rogen, John Oliver e James Earl Jones.

O Rei Leão está em exibição no Brasil.