Os fãs da Marvel quase tiveram mais um tributo para Tony Stark, o Homem de Ferro, em Homem-Aranha: Longe de Casa. A revelação foi feita por Chris McKenna e Erik Sommers, roteiristas do filme.

A aparição seria sútil. Porém, os escritores acharam melhor não contar com essa participação.

“Achamos que, antes de tudo, seria uma velha filmagem usada. Nós conversamos sobre ouvir a voz de Tony a partir de EDITH, mas achamos que seria um pouco demais e não quisemos entrar nisso”, explicaram os roteiristas ao The Hollywood Reporter.


Os escritores sabem que a participação poderia se encaixar na trama do filme. Mas, viram mais sentido em tratar sobre a ausência.

“Ele é muito amado e com certeza falamos sobre muitas coisas, mas até certo ponto é sobre a ausência e a perda da pessoa. Se você luta pela pessoa e mostra a pessoa, estará retratando isso?”, questionaram McKenna e Sommers.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participa como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisa o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal é o Mysterio.

Com direção de Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa está em cartaz nos cinemas brasileiros.