Cuidado! Contém SPOILERS de Homem-Aranha: Longe de Casa!

Homem-Aranha: Longe de Casa faz com o herói do título o que nenhum vigilante quer passar. Em uma cena pós-créditos, a identidade do personagem é revelada para o mundo, o que causará um imenso problema para Peter Parker em uma possível continuação.

Em entrevista ao The New York Times, os roteiristas Chris McKenna e Erik Sommers contaram que quase tudo sairia diferente. A ideia era ter o próprio Peter Parker revelando que é o Homem-Aranha no final do filme e não sendo vítima de uma armação, como é visto após os créditos.


“Nós pensamos na ideia de que Peter Parker é aquele que sacrifica a sua identidade na batalha final, então pareceu mais interessante Mysterio enganar ele e fazer isso, porque todas as vezes que escrevemos que a identidade era revelada durante a batalha final, sentíamos que a vitória era diminuída. Então, antes de virar uma trama, era simplesmente o final do filme: quando ele se sente que é o Homem-Aranha, ele tem o tapete puxado novamente”, explicou McKenna.

“Nós debatemos sobre isso, deveríamos apenas revelar que ele é o Homem-Aranha ou incriminar ele e transformá-lo em um pária?”, contou Sommers. “Nós decidimos que poderíamos ter os dois jeitos. É um triunfo no final porque ele está com a garota e tem a sua volta pela cidade, então nós quisemos derrubar ele o mais longe possível”, completou o roteirista.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participa como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisa o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal é o Mysterio.

Homem-Aranha: Longe de Casa está em cartaz nos cinemas brasileiros.