Russell Crowe recusou US$ 100 milhões para estrelar O Senhor dos Anéis

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No início da década passada, Russell Crowe era um dos nomes mais requisitados de Hollywood. Não poderia ser diferente, o ator acabava de protagonizar o bem-sucedido Gladiador.

Em entrevista para Howard Stern, o ator revelou que foi nessa época que quase aceitou protagonizar O Senhor dos Anéis. O diretor Peter Jackson ofereceu o papel de Aragorn, que acabou ficando com Viggo Mortensen.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mais incrível nessa história é que Russell Crowe deixou de ganhar mais de US$ 100 milhões ao estrelar o filme. Caso assinasse o acordo, o ator teria direito a 10% dos lucros.

“Eu não achava que Peter Jackson me queria para o filme. Porque ele estava sendo forçado a falar comigo, naquele tempo todos queriam todo mundo em todos os lugares”, explicou o ator.

Foi em uma conversa por telefone que o astro sentiu que o papel não era para ele.

“Estou falando com ele no telefone e é como se ele nem soubesse o que eu fiz. Meu instinto me dizia que ele tinha alguém em mente, que era Viggo, e ele deveria ser permitido a contratar quem ele quisesse”, destacou Russell Crowe.

Stern, então, pediu para que o astro esclarecesse se era a Warner Bros que estava forçando a sua contratação. Russell Crowe confirmou o pensamento do entrevistador.

Baseada nos livros de J.R.R. Tolkien, a trilogia de O Senhor dos Anéis é uma das mais bem-sucedidas do cinema. Os três filmes foram dirigidos por Peter Jackson.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio