Aves de Rapina não é continuação de Esquadrão Suicida, diz roteirista

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cronologia dos filmes da DC está um pouco caótica após a reformulação para “apagar” a narrativa iniciada por Zack Snyder com O Homem de Aço. Por isso, Aves de Rapina é uma história mais isolada.

Em entrevista para a Total Film, a roteirista Christina Hodson atestou que o novo filme não é exatamente uma continuação de Esquadrão Suicida, mesmo contando com a Arlequina de Margot Robbie.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É um filme isolado. Obviamente, sim, temos uma personagem que já conhecemos antes. Mas é uma história própria, e foi dessa forma que eu abordei. Eu tentei tirar essa coleira. Eu me apaixonei por essa personagem e todas as outras novas. Então eu criei uma história nova que não precisa continuar ou se conectar com outra”, explica Hodson.

Além de Margot Robbie, o elenco de Aves de Rapina (e a Fantabulosa Emancipação de Uma Certa Arlequina) conta com Mary Elizabeth Winstead como Caçadora, Jurnee Smollett-Bell como Canário Negro, Rosie Perez como Renee Montoya e a jovem Ella Jay Basco como Cassandra Cain.

O filme conta com a direção de Cathy Yan e produção da própria Margot Robbie.

Ewan McGregor será o vilão Máscara Negra, com Chris Messina vivendo o assassino Victor Zsask. De acordo com rumores, o Batman não terá participação na trama, ambientada em Gotham City.

Aves de Rapina (e a Fantabulosa Emancipação de Uma Certa Arlequina) tem estreia prevista para 7 de fevereiro de 2020.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio