‘Bruce Lee’ de Era Uma Vez em Hollywood reage às críticas sobre personagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado! Contém SPOILERS de Era Uma Vez em Hollywood!

Quentin Tarantino homenageou, de sua maneira, Bruce Lee em Era Uma Vez em Hollywood. A versão do famoso ator para o filme, porém, gera polêmica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A filha do falecido astro, Sharon Lee, odiou a representação. O Bruce Lee do filme foi chamado de “c*zão arrogante” pela mulher.

Além disso, o público está contrariado que Bruce Lee perde a luta para Cliff Booth, o personagem de Brad Pitt. O ator Mike Moh, que representou o astro, aproveitou entrevista ao Birth.Movies.Death para responder os comentários.

“Depois que eu levei o tapa, eu fiquei sério. E então entramos na briga, que parou, então é um empate. Eu vejo como as pessoas acham que Bruce perdeu por causa do impacto do carro, mas se me dessem mais cinco segundos, Bruce tinha ganho. Eu sei que as pessoas vão reclamar, mas quando eu comecei a estudar para interpretá-lo, Bruce, mais do que ninguém, queria que as pessoas soubessem que ele é humano. Eu respeito mais ele ao saber que ele teve os desafios, os obstáculos, assim como todo mundo. Eu não conheço nenhum ator que não tenha esse senso de querer mais e acho que esse é o sinal de quem quer a grandeza, que quer atingi-la, é querer sempre mais”, declarou o ator.

O ator ainda lembrou de dois argumentos importantes na polêmica. Primeiro: é um filme de Quentin Tarantino. Segundo: o diretor é um enorme fã de Bruce Lee.

Além de Brad Pitt, o filme ainda conta com Leonardo DiCaprio e Margot Robbie.

Era Uma Vez em Hollywood está em exibição nos cinemas americanos. No Brasil, o filme chega aos cinemas no dia 15 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio