Chefe da Marvel conta como Capitão América seria decapitado em Vingadores: Ultimato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na San Diego Comic-Con 2019, realizada ainda no final de julho, fãs descobriram no painel dos roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely que uma das ideias para Vingadores: Ultimato era ter o Capitão América decapitado. Agora, Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, deu mais detalhes sobre como isso aconteceria.

Em entrevista para Empire, o chefe da Marvel contou que o Capitão América de 2014 seria decapitado pelo Thanos do passado. Tudo faria parte de uma estratégia para chegar ao Steve Rogers do presente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao contrário do que é mostrado em Vingadores: Ultimato, uma das ideias para a trama seria a de ter Thanos descobrindo antes sobre a viagem no tempo dos heróis. Assim, o Titã Louco também faria as suas surpresas.

“Uma das ideias era: os heróis retornam para 2023 e Thanos já teria conquistado tudo, na evolução disso, ele teria um grande trono de caveiras. Thanos estaria segurando a cabeça do Capitão América, como uma bola de boliche, para mostrar ao Capitão América (do presente). Era muito legal, mas a lógica para isso nos derrotou. Isso acabou em algumas páginas do roteiro. Acho que até temos artes disso”, contou Feige.

Caso a trama fosse usada, a Marvel teria que entrar mais a fundo no tema de realidades alternativas. Afinal, a história do MCU mudaria muito com um Capitão América sendo morto em 2014.

Vingadores: Ultimato está disponível em formato digital.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio