Chefe da Marvel descobriu a fórmula do sucesso para sequências

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 11 anos de MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel), o público teve três filmes do Homem de Ferro, de Thor e Capitão América. Além disso, foram quatro longas dos Vingadores, dois de Guardiões da Galáxia e dois do Homem-Aranha.

Como se sabe, sequências podem causar uma certa fadiga no público. Mas, esse nunca foi o caso da Marvel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para o Collider, o roteirista Drew Pearce, de Homem de Ferro 3 e Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, tem ideia do que faz a Marvel bem-sucedida com sequências. Para ele, Kevin Feige, o presidente dos estúdios da editora, descobriu o segredo para fazer continuações.

“O que eu gosto da Marvel é sobre enxergar todo processo. Kevin viu o que muitos cineastas fazem, o que é – entregar uma sequência com a velha ideia de, ‘Me dê mais do mesmo de novo, mas com mais’. E eu acho que Kevin percebeu, em certo ponto, que fazer isso era diminuir o retorno do público, tanto criativamente quanto pelos negócios e foi quando ele começou a pensar: ‘E se pegássemos o mesmo personagem e colocássemos em um gênero diferente?’”, começou a explicar o roteirista.

Como notou Pearce, cada filme, mesmo que seja do mesmo herói, é diferente do anterior. Thor: Ragnarok, por exemplo, é relembrado nesse aspecto por se distanciar bastante dos dois primeiros filmes do Deus do Trovão.

“E a quilometragem dele pode variar de como os filmes são diferentes um do outro, mas eu amo o fato de que eles abordam cada filme como se fossem de um gênero único e eu acho isso absolutamente genial”, concluiu o roteirista.

Pearce está em cartaz com Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw. Já o MCU tem Homem-Aranha: Longe de Casa nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio