Lenda do basquete acusa Tarantino de ter feito retrato “racista” de Bruce Lee

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado! Contém SPOILERS de Era Uma Vez em Hollywood!

Era Uma Vez em Hollywood retrata, na visão de Quentin Tarantino, a Los Angeles de 1969. Os personagens são inspirados em famosos e muitos carregam a verdadeira identificação das figuras históricas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma dessas aparições é a de Bruce Lee, interpretado por Mike Moh. O retrato feito por Tarantino está longe da realidade, como o próprio diretor explicou, mas a versão do ator no filme está causando polêmica.

Alguns nomes de Hollywood acham que Bruce Lee não deveria ter sido retratado como arrogante, por mais que o filme traga uma versão completamente fictícia. Além disso, alguns espectadores não gostaram que Cliff Booth, personagem de Brad Pitt, lutou de igual para igual com o famoso.

A mais recente crítica ao filme de Tarantino foi feita por Kareem Abdul-Jabbar, lenda do basquete que trabalha em Hollywood atualmente. Para o ator, a versão de Bruce Lee do filme “é desleixada e de certa forma racista”.

O ex-atleta garantiu que esperava mais de um filme de Tarantino.

“Eu vou a cada filme de Tarantino como se fosse um evento, sabendo que a sua visão dos anos 60 e 70 será mais divertida que uma simples homenagem. O que me incomodou é que Tarantino escolheu representar Bruce Lee de uma maneira unidimensional. A atitude John Wayne de macho de Cliff Booth, um envelhecido dublê que derrota o arrogante, o chinês atrevido traz de volta o que Bruce Lee estava tentando desmontar”, escreveu o famoso.

Abdul-Jabbar também reclamou que essa foi a única participação importante de Bruce Lee em Era Uma Vez em Hollywood. Por isso que a presença da figura foi tão criticada.

“Eu poderia apontar ainda mais sobre essa versão de Bruce Lee se essa não fosse a única cena significante dele, se tivéssemos visto algo de suas outras ameaças, suas lutas para ser levado a sério em Hollywood. Aliás, ele foi apenas mais uma decoração para a cena”, criticou a lenda do basquete.

As críticas foram feitas em um texto para The Hollywood Reporter. A publicação foi feita após Shannon Lee também desaprovar a versão do seu pai para o filme.

Era Uma Vez em Hollywood, com Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Margot Robbie, está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio