Leonardo DiCaprio incendiou colegas de Era Uma Vez em Hollywood

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas prévias de Era Uma Vez em Hollywood, há uma cena de Leonardo DiCaprio que chama atenção. Rick Dalton, o seu personagem, incendeia um grupo de nazistas (relembre abaixo).

O personagem é um ator dentro da trama e estava mostrando o seu mais recente trabalho para o seu dublê, Cliff Booth, vivido por Brad Pitt. A cena parece tranquila, mas exigiu muito de Leonardo DiCaprio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O coordenador de dublês Robert Alonzo contou ao HuffPost que Leonardo DiCaprio precisou incendiar de verdade os colegas. O ator não gostou do momento, uma vez que não queria ver ninguém ferido.

“Leo não estava muito entusiasmado com toda coisa de lançar chamas. Literalmente, ele não quer machucar ninguém e eu entendo isso. Normalmente, você usa dublês naquele ponto para controlar as chamas em alguém. Em Trovão Tropical, Nick Nolte me incendiou”, explicou o profissional.

O astro não precisou apenas de controle emocional. No fim das contas, Leonardo DiCaprio mostrou o motivo de ser um dos atores mais aclamados de Hollywood.

“Leo está queimando eles e segurando as chamas por sete ou oito segundos, enquanto o lança-chamas vai e volta em oito caras que ele não conhece. É algo psicologicamente difícil de fazer, então palmas para ele por conseguir se manter no personagem na cena”, elogiou o coordenador de dublês.

Era Uma Vez em Hollywood, novo filme de Quentin Tarantino, está em exibição nos cinemas americanos. No Brasil, o filme chega aos cinemas no dia 15 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio