Tarantino defende retrato de Bruce Lee em Era Uma Vez em Hollywood: “Ele era arrogante”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A mais recente polêmica envolvendo Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino, é o retrato de Bruce Lee no filme. Ele é visto como arrogante e convencido pela visão do personagem de Brad Pitt, o que não é exatamente uma controvérsia.

Durante coletiva de imprensa do filme na Rússia, Tarantino foi questionado por esse retrato, e ele não voltou atrás.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruce Lee era um cara meio arrogante. A forma como ele falava, eu não inventei a maior parte daquelas falas. Eu ouvi ele dizer coisas assim. Se as pessoas estão falando, ‘Ele nunca disse que poderia vencer Muhammad Ali’, bem, ele disse sim. Não só ele disse, mas a esposa dele, Linda Lee, disse isso na primeira biografia dela que eu li. Ela disse isso, com certeza”, dispara.

Em Era Uma Vez em Hollywood, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt toma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Los Angeles de 1969.

Além de Brad Pitt e Leonardo DiCaprio; Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Margaret Qualley, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Austin Butler, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh, Nicholas Hammond, Bruce Dern e Margot Robbie completam o elenco.

Era Uma Vez em Hollywood estreia nos cinemas brasileiros em 15 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio