Diretor do primeiro Esquadrão Suicida diz que DC é “sortuda” por ter James Gunn

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diretor do divisivo primeiro longa-metragem do Esquadrão Suicida, lançado em 2016, David Ayer parece não se importar em não ter sido convidado para comandar a nova produção com a equipe de vilões.

Por meio do Twitter, o cineasta voltou a demonstrar empolgação com o novo Esquadrão Suicida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A DC é sortuda por ter James Gunn. Já estou preparando minha pipoca”, escreveu o diretor na rede social.

Apesar do retorno de alguns atores, o novo Esquadrão Suicida não é uma sequência e não levará em conta os eventos do anterior, como já esclareceu o produtor Peter Safran.

O Esquadrão Suicida de James Gunn chegará aos cinemas em 6 de agosto de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio