Por ser uma das franquias mais populares do cinema, com mais de 40 anos de existência, Star Wars conta com uma gigantesca base de fãs. Na nova trilogia, porém, uma parcela pequena dessa comunidade passou a chamar atenção.

São os fãs que ficaram com raiva extrema da história dos novos filmes. Por conta disso, alguns até tomaram atitudes desnecessárias, como ofender os profissionais dos longas.

Para a Marvelous TV, o diretor J.J. Abrams, que comanda Star Wars: A Ascensão Skywalker, concordou que fãs assim existem. Mas, o cineasta tem um pensamento diferente sobre esse tipo de espectador.


“Sou grato a eles porque você não quer estar trabalhando em algo que ninguém se importa. Você tem que entender que eles têm a opinião deles e ela deve ser valorizada. Você nunca vai agradar a todos, tem que saber disso ao entrar e tem que tentar fazer o melhor. Eu sou grato assim como alguém que se considera como um fã. Mal posso esperar que vejam o novo filme”, declarou o diretor.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, o nono capítulo da saga, traz veteranos da franquia como Mark Hamill, Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Billy Dee Williams, Ian McDiarmid e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.