Aparentemente, a Marvel estava disposta a matar mais personagens do que o público jamais imaginou, de acordo com uma matéria do site Cinema Blend.

Em uma entrevista com o roteirista Stephen McFeely, o site revelou que os escritores de Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato tiveram carta branca de Kevin Feige para matar qualquer personagem.

“O que nós tínhamos fixo era Thanos e as Joias do Infinito. Então ficou tipo ‘se vocês querem matar qualquer personagem, vocês podem, mas não se sintam na obrigação de matar apenas por matar”, afirmou o roteirista.


No final das contas, apenas 2 dos Vingadores originais morreram ao final da saga das Joias do Infinito.

Vingadores: Ultimato já está disponível em DVD e Blu-ray.